RSS Feed

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Salvando um dia....

Nossa, o dia hoje foi recheado de coisas legais, pra começar acordei mega tarde, tipo, 11h..rss, desliguei o cel por uns dias pq nem a minha voz eu queria ouvir, hoje eu liguei novamente.
Ontem passei a noite tentando fazer a introdução da minha monografia, acredito que tenha ficado bom.
Mas então, hoje eu fui efetivada como moderadora do site Leskut, nossa, foi uma honra muito muito grande, fiquei mega feliz, já me entrosei com alguma das administradora, confesso que é muita responsabilidade, mas acredito que vá dar conta, neam? rs
A noite, chegou minha tropa de salvação, precisava ser resgatada daqui, ver gente, e és que aparecem elas, Nai e Pris pra me tirar desse abandonoooooooooooo, fomos pra o show da Marcela Bellas no Pelourinho, foi muito bacana, confesso que não sei nenhuma música dela, mas a companhia valeu demais, poderia ser até música em japonês que tava valendo...rss, depois fomos pra casa da Pris, jogamos conversa fora até as 2h da manhã, foi muito bom pra mim, tava mesmo precisando pensar em coisas diferentes, senão eu surto.
Obrigada meninas por vocês serem sempre esse porto seguro, amo demais vocês!!!
Ahhhh, na volta pra casa vinha ouvindo uma música linda da Vanessa da Mata, chamada: Minha Herança: Uma Flor, mto mto linda, vou colocar o link no youtube pra quem quiser ver e ouvir, ok??
http://www.youtube.com/watch?v=Mqm1PX-SJLM
Pensei em colocar a letra também, pera que eu vou procurar aqui...
Voltei...
Olha a letra aí, é mto lindinha!!

Minha Herança: Uma Flor

Vanessa da Mata


Achei você no meu jardim
Entristecido
Coração partido
Bichinho arredio

Peguei você pra mim
Como a um bandido
Cheio de vícios
E fiz assim, fiz assim

Reguei com tanta paciência
Podei as dores, as mágoas, doenças
Que nem as folhas secas vão embora
Eu trabalhei

Fiz tudo, todo meu destino
Eu dividi, ensinei de pouquinho
Gostar de si, ter esperança e persistência
Sempre

A minha herança pra você
É uma flor com um sino, uma canção
Um sonho, nem uma arma ou uma pedra
Eu deixarei

A minha herança pra você
É o amor capaz de fazê-lo tranqüilo
Pleno, reconhecendo o mundo
O que há em si

E hoje nos lembramos
Sem nenhuma tristeza
Dos foras que a vida nos deu
Ela com certeza estava juntando
Você e eu
(2x)

Achei você no meu jardim

Boa noite pessoas!!

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Um dia frio...

Hoje foi um dia que eu já comecei vencendo uma barreira, finalmente matriculada, e Deus sabe o quanto tava complicado isso tudo, só tenho que agradecer a Ele por tudo cuidado comigo. Vou vencer mais um obstáculo logo logo, formar e começar mais uma caminhada na vida, espero que Deus possa construir um novo caminho lindo pra mim, onde eu venha ter mais conquistas que derrotas.
Meu pai pegou meus documento pra fazer o meu plano de saúde, isso era algo que também tava lutando muito, então eu também só tenho que agradecer a Deus por tudo isso, por tocar no coração dele. Agradecer pela mãe maravilhosa que Ele me deu, mesmo não sendo tão carinhosa, daria a vida por mim.
Tenho que agradecer por tantas coisas, mas não posso esquecer de Jomara nisso tudo, que também tem me ajudado mto, mesmo que parte da minha tristeza tenha a ver com ela, não posso deixar de reconhecer e ser grata por tudo que me fazem de bom.
Estou na minha fase bipolar, tenho que fazer terapia com URGÊNCIAAAAAAAAAAA, porque estou me sentindo muito cansada, de tudo e tão triste, e não devia está me sentindo assim, devia estar já comemorando a grande conquista da vida de qualquer pessoa, se graduar num curso, ter nível superior.
Enfim, não vou falar muito hj.

Boa tarde a todos!!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Antes que termine o dia ...


Bom, estou aqui ouvindo sem parar a música desse filme lindo, a Jennifer Love cantando Love will show you everything, a letra é simplesmente perfeita, tem uma parte linda do filme em que ele se declara pra ela, está chuvendo e ela parada de frente pra ele e ele fala algo que qualquer mulher amada gostaria de ouvir: Samantha, eu te amo desdo dia que te conheci, mas não me permiti sentir isso verdadeiramente até hoje... eu estava sempre um passo à frente, tomando decisões pra me livra de medo. Mas hoje, pelo que aprendi com você hoje, cada escolha foi diferente e minha vida mudou completamente! Aprendi q quando se faz isso vive-se inteiramente... E não importa se você tem 5 minutos ou 50 anos... Samantha, se não fosse por hoje, ou por você, eu nunca conheceria o amor... Então, obrigado por se a mulher que me ensinou a amar, e ser amado!!
Quer algo mais lindo que isso??
Que vontade de ser amada assim, com toda essa importância e intensidade, meu coração tá anestesiado, partido, decepcionado, eu não quero mais procurar, quero e preciso ser achada, chega de amar sozinha, de lutar sozinha, chega de desculpas, chega de mentiras, chega de ter que dividir, quero algo pra mim, quero algo pra vida toda, quero algo que aqueça verdadeiramente meu coração. O amor não é algo lindo? Pq eu não posso ver a sua beleza? Pq não pode voltar a florecer dentro de mim?? Pq não posso sentir o seu contentamento como antes??
Vou ficar aqui esperando que a borboleta venha até a mim, chega de correr atrás da borboleta, tudo que faço é afasta-la cada vez mais, se realmente for pra ser, ela virá até mim.
*Ahhh, vou colocar aqui a letra da música, quem quiser traduz, tá? Vou coloca-la na forma original, no inglês.

"

Today, today I bet my life
You have no idea
What I feel inside
Don't, be afraid to let it show
For you'll never know
If you let it out

I love you
You love me
Take this gift and don't ask why
Cause if you will let me
I'll take what scares you
Hold it deep inside
And if you ask me why I'm with you
And why I'll never
Leave
Love will show you everything

One day
When youth is just a memory
I know you'll be standing right next to me

I love you
You love me
Take this gift and don't ask why
Cause if you will let me
I'll take what scares you
Hold it deep inside
And if you ask me why I'm with you
And why I'll never
Leave
My love will show you everything
My love will show you everything
My love will show you everything
Our love will show us everything.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Palhaçada


As vezes na vida passamos por palhaço por parte das pessoas, somos lesadas, enganadas e ludibriadas, mas tudo isso é normal na vida, nem sempre seremos o bobo da corte, chegaremos a reis e rainhas uma hora ou outra. Entender exatamente como estou me sentindo é mega estranho como sempre tento e não consigo, vira uma raiva sobre-humana, mas tenho sobrevivido a isso.

Meu post tem um motivo específico, uma pessoa específica, que pensa que pode me fazer de boba sempre que deseja, mas eu me deixo ser feita de boba, um dia sei que darei o troco, não sou a favor da vingança, mas quando alguém é tão próximo a você e não te considera, acho que ser considerado é inútil.

Vou colocar um texto que achei sobre palhaço que tem tudo a ver com a minha situação atual, essa parte é a parte mais clara de tudo:

"...Sorria palhaço pois sabes onde esta a hipocrisia palhaça, nas promessas vazias dos políticos, nos amores falsos, no romantismo de atos e palavras escassos, na pobreza de espírito, na mentira, na falta de caráter, na tendenciosidade maldosa, na infidelidade, enfim naquilo que mancha a alma e a consciência, naquilo que torna o ser humano pequeno e insignificante, naquilo que se quer merece qualquer comentário, pois a simples citação empobrece e aporcalha qualquer exteriorização da alma, portanto da própria arte.[...]"


Palhaço e Palhaço - Compasso e Descompasso


“...chora palhaço da sua tristeza, sorrindo como se a alma estivesse em festa.
Chora palhaço da sua tristeza quando o mundo e as coisas que te cercam dizem NÃO.
Chora palhaço da troça da sua imagem, das suas pinturas e caricaturas.
Chora palhaço por trazer alegria e sorriso ao sorriso e alegria das pessoas, e ter como pagamento a satisfação e a felicidade, ou simplesmente um sorriso.
Chora palhaço da situação que te cerca, das noites não dormidas, pela esperança de um agrado, do sonho de uma alegria continuada e sincera.
Chora palhaço, homem do peito de aço, que da alegria faz o compasso, mesmo que tua alma esteja no descompasso de uma grande tristeza.
Chora palhaço, do seu coração que não trai, não engana, que espera um doce sorriso, uma mão que afague seu semblante, sua cabeça, suas costas e pernas cansadas de tanto se apresentar no picadeiro da fantasia.
Chora palhaço que se enternece quando recebe um sorriso e um muito obrigado, mesmo de alguém que nunca viu.
Chora palhaço das suas máscaras que sorriem quando queriam chorar, que enternecem quando queriam esmorecer, que agitam quando queriam descansar.
Chora palhaço do seu próprio sorriso triste...Chora até descobrir a verdade de tua alma...
A verdade que diz:
Sorria palhaço pois aqueles que tem na alma uma criança, sorriem de verdade para você.
Sorria palhaço, pois a alegria e felicidade que trás são dádivas reconhecidas pelo próprio Deus.
Sorria palhaço pois aqueles que não te enxergam e da tua felicidade reconhecem pouco, da vida nada tem na pobreza de seus espíritos.
Sorria palhaço pois não merece alegria vazia e sorrisos falsos, mediocridade e engano , pois és autentico no coração e na alma.
Sorria palhaço pois seus valores estão acima dos espíritos pobres que não conseguem viver a felicidade que transmite sem nada pedir, a não ser um sorriso, um gesto de felicidade, um afago.
Sorria palhaço pois a tua alma é tão grande, tão linda e limpa, que suas dores desaparecerão das suas costas e serás contemplado com o carinho sincero e eterno de um AMOR sem fim.........
Sorria palhaço pois ao arrancares a máscara da face, revelarás a própria felicidade, linda e infinita, pois tens estampado no seu intimo a alegria do próprio Deus e o Amor de Jesus........
Sorria palhaço pois o que transmite é simplesmente DIVINO.
Sorria palhaço o sorriso de sorrir, o riso que debocha descarado da própria tristeza, e de tudo que não reconhece você.........
Sorria palhaço pois é o remédio das almas tristes e solitárias.
Sorria palhaço pois é palhaço para fazer sorrir, e incomodar os pobres de espírito.
Sorria palhaço pois é um artista da vida, que ao tirares a fantasia se retira do picadeiro, pois sabes quando termina o espetáculo para representação, e quando continua o espetáculo da vida.
Sorria palhaço dos verdadeiros palhaços, que sorriem ao pensar que te ofendem achando que és palhaço ou chamando de palhaço.
Sorria palhaço pois consegue ver e estar bem longe daqueles palhaços cuja vida infeliz, no contraditório daquilo que transmite, ou seja felicidade, se estenderá, infelizmente, por um picadeiro sem fim, onde ignorando e ignorância jamais saberão que estarão imersos no circo da vida, onde ao invés de receberem o sorriso de paz e felicidade, se contentarão na sua falta de saber, ao receber a falsa alegria e o falso sorriso do escárnio e do pouco caso, pela frente ou pelas costas, da platéia que os assisti, e que pensam estar agradando com o seu triste e mórbido espetáculo........
Sorria palhaço pois sabes onde esta a hipocrisia palhaça, nas promessas vazias dos políticos, nos amores falsos, no romantismo de atos e palavras escassos, na pobreza de espírito, na mentira, na falta de caráter, na tendenciosidade maldosa, na infidelidade, enfim naquilo que mancha a alma e a consciência, naquilo que torna o ser humano pequeno e insignificante, naquilo que se quer merece qualquer comentário, pois a simples citação empobrece e aporcalha qualquer exteriorização da alma, portanto da própria arte.
Sorria palhaço ao afastar o infortúnio e a mediocridade.
Sorria palhaço para aqueles que acreditam e recebem a luz detonando a ignorância.
Sorria palhaço por aqueles que arquitetou dando risadas e brincando, representando a arte da felicidade.
Sorria palhaço por aqueles que sorrindo e inebriados com os olhos cheios de lágrimas reconhecerão e reconhecem muito mais que o artista palhaço.
Sorria palhaço pois tua alma de criança assistirá calma, limpa e serena pelo resultado das coisas onde tanto investiu seu amor.
Sorria palhaço, do mundo sem compasso, que na arte do descompasso afastou a tristeza do espaço, e neste mesmo vazio do espaço encheu em cada passo seu conteúdo de AMOR...

Cláudio Rizzo

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Arghhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!


Na verdade não sei bem o que falar hoje, ontem aconteceu algo tão estranho, um ser que do nada vem falar comigo, depois de tantas patadas e tudo mais, mas eu sou muito melhor que tudo isso, e mostrei como tenho nobreza, mas ainda não é isso que eu quero falar, na verdade, hoje estou revoltada, com a vida, a vida mesmo, essa bandida, me dando salada sem tempero, pura, sem sal, sem limão ou vinagre e azeite.
Tomate de má qualidade sempre, sempre não vai, eu estou exagerando, mas quase sempre, alface queimado, mordido,...
Coisa louca isso, não estou tendo inspiração, estou tão confusa quanto cego em tiroteio, eu sei bem o que estou sentindo, uma raiva, com indignação, alowwwwwwwwwwwwwwwwww, as pessoas pensam o que da vida, hein?
Enganar, maltratar, mentir, desfazer, rir vendo que as pessoas não estão bem.
Alowwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwww, também sou ser humano como todos vocês, sei que tenho meus defeitos, mas nada que ofenda ninguém, a não ser a mim mesma, aliás, até "parecendo" ofender os outros, eu estou apenas me ofendendo, pra todo lado tá todo mundo vivendo suas vidas como se não existisse mais ninguém fazendo parte delas, num egoísmo desumano, e quando tento entender, parece doer mais essa angustia que sufoca e agride.
Enfim, resumindo, estou assim, meio bipolar, ou qualquer outra denominação que se deem a isso que não consigo descrever.

Boa tarde!@!

Escolhas...

Escolhas de uma vida

Pedro Bial

A certa altura do filme Crimes e Pecados, o personagem interpretado por Woody Allen diz:
"Nós somos a soma das nossas decisões".

Essa frase acomodou-se na minha massa cinzenta e de lá nunca mais saiu. Compartilho do ceticismo de Allen: a gente é o que a gente escolhe ser, o destino pouco tem a ver com isso.

Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção,estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar "minha vida".

Não é tarefa fácil. No momento em que se escolhe ser médico, se está abrindo mão de ser piloto de avião. Ao optar pela vida de atriz, será quase impossível conciliar com a arquitetura. No amor, a mesma coisa: namora-se um, outro, e mais outro, num excitante vaivém de romances. Até que chega um momento em que é preciso decidir entre passar o resto da vida sem compromisso formal com alguém, apenas vivenciando amores e deixando-os ir embora quando se findam, ou casar, e através do casamento fundar uma microempresa, com direito a casa própria, orçamento doméstico e responsabilidades.

As duas opções têm seus prós e contras: viver sem laços e viver com laços...

Escolha: beber até cair ou virar vegetariano e budista? Todas as alternativas são válidas, mas há um preço a pagar por elas.

Quem dera pudéssemos ser uma pessoa diferente a cada 6 meses, ser casados de segunda a sexta e solteiros nos finais de semana, ter filhos quando se está bem-disposto e não tê-los quando se está cansado. Por isso é tão importante o auto conhecimento. Por isso é necessário ler muito, ouvir os outros, estagiar em várias tribos, prestar atenção ao que acontece em volta e não cultivar preconceitos. Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é. Lógico que se deve reavaliar decisões e trocar de caminho: Ninguém é o mesmo para sempre.

Mas que essas mudanças de rota venham para acrescentar, e não para anular a vivência do caminho anteriormente percorrido. A estrada é longa e o tempo é curto.Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as conseqüências destas ações.

Lembrem-se: suas escolhas têm 50% de chance de darem certo, mas também 50% de chance de darem errado. A escolha é sua...!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Que lado seria?


O contrário do Amor

O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença.

O que seria preferível, que a pessoa que você ama passasse a lhe odiar, ou que lhe fosse totalmente indiferente? Que perdesse o sono imaginando maneiras de fazer você se dar mal ou que dormisse feito um anjo a noite inteira, esquecido por completo da sua existência? O ódio é também uma maneira de se estar com alguém. Já a indiferença não aceita declarações ou reclamações: seu nome não consta mais do cadastro.

Para odiar alguém, precisamos reconhecer que esse alguém existe e que nos provoca sensações, por piores que sejam. Para odiar alguém, precisamos de um coração, ainda que frio, e raciocínio, ainda que doente. Para odiar alguém gastamos energia, neurônios e tempo. Odiar nos dá fios brancos no cabelo, rugas pela face e angústia no peito. Para odiar, necessitamos do objeto do ódio, necessitamos dele nem que seja para dedicar-lhe nosso rancor, nossa ira, nossa pouca sabedoria para entendê-lo e pouco humor para aturá-lo. O ódio, se tivesse uma cor, seria vermelho, tal qual a cor do amor.

Já para sermos indiferentes a alguém, precisamos do quê? De coisa alguma. A pessoa em questão pode saltar de bung-jump, assistir aula de fraque, ganhar um Oscar ou uma prisão perpétua, estamos nem aí. Não julgamos seus atos, não observamos seus modos, não testemunhamos sua existência. Ela não nos exige olhos, boca, coração, cérebro: nosso corpo ignora sua presença, e muito menos se dá conta de sua ausência. Não temos o número do telefone das pessoas para quem não ligamos. A indiferença, se tivesse uma cor, seria cor da água, cor do ar, cor de nada.

Uma criança nunca experimentou essa sensação: ou ela é muito amada, ou criticada pelo que apronta. Uma criança está sempre em uma das pontas da gangorra, adoração ou queixas, mas nunca é ignorada. Só bem mais tarde, quando necessitar de uma atenção que não seja materna ou paterna, é que descobrirá que o amor e o ódio habitam o mesmo universo, enquanto que a indiferença é um exílio no deserto.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

E Agora???

Nossa, acabou o carnaval, tantos momentos bacanas, hoje terça-feira 16, quer dizer, hoje mais não, ontem, teve o Eva, e foi perfeito como sempre, mas esse ano deixou muito a desejar, Saulo tava mais cansado, e não cantou muitas músicas novas.
Revi a Thaís e a Cíntia, pena que elas não sairam com a gente no Eva, sairam no Papa com a Claudinha. Já tá dando uma saudade de toda essa bagunça, estranho, neam??
É um misto de sentimentos, muitas brigas, muitas risadas, muitas confirmações, muito tanta coisa, até a saudade achou de aparecer pra pular o carnaval, tenho passado dias a ouvir duas músicas do Tomate que bombou nesse carnaval: E agora? e Vem me buscar, acho que fiquei com elas na cabeça, tem uma letra tão lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, e que me tráz boas lembranças, lembranças boas são alimentos pra alma as vezes, mas uma espada dilacerante em outros.
Hoje é segunda e tudo volta ao normal, neam?? Tudo de volta?? PELO AMOR DE DEUS NÃO, espero que NOVIDADES batam em minha porta, precisoooooooo disso, preciso de boas notícias.
Jomara vai embora no domingo e acaba a minha vida social, que só existe quando ela está por perto, sinto falta da parceiria que tinhamos, mas ela tem a vida dela e precisa ir, neam?? Resta aproveitar o restinho de tempo que tenho, vamos que vamos.



Ah!! Vou deixar parte das duas músicas aqui...

"O telefone já não toca mais
Estou sentindo a falta de você
Meu bem já sabes que te amo de mais
Queria está ao lado pra saber
Se um dia a gente ainda vai se encontrar
Pra falar , conversar
Dos momentos bons
Que não consigo esquecer..." - E AGORA? - TOMATE

"Olha eu tô sentindo tanta falta de você
Quem me olha não consegue perceber
O meu segredo
Amigos se divertem numa festa sem parar
E eu aqui o pensamento em outro lugar
Chorando por dentro
Eu não quero acreditar que foi ilusão
Que você brincou com o meu coração
Eu não quero nem pensar em te perder
Venha logo tô esperando você..." VEM ME BUSCAR - TOMATE

BOM DIA A TODOS!!!

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Meio assim...


Ando meio de lado
meio perdida
meio sem jeito
meio atrasada
meio doendo
meio com sorte
meio perdendo
meio cansada
meio por cima
meio enganada
meio querendo
meio de tudo
meio ganhando
meio sem nada


Ando meio triste
meio com pressa
meio ansiosa
meio sem graça
meio com medo
meio sorrindo
meio sozinha
meio ferrada
meio sofrendo
meio esquecida
meio amando
meio fingindo
meio vivendo
meio pra nada

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Today

Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.


-Clarice Lispector-

Engraçado esse texto da Clarice, " o bom é ser inteligente e não entender", talvez a ignorância possa até nos salvar, mas por vezes ela nos enlouquece.
Sinto uma vontade de gritar que vem da minha alma, uma raiva da vida, mas não por ela não caminhar da forma que quero, mas por eu não ser da forma que ela espera. Vai juntando uma pitada de coisinhas, e o sabor de tudo vai passando do ponto, acho que não sou uma boa chef de cozinha pra minha vida. Nem eu sei o que estou dizendo, e pior o que estou sentindo.
Sabe quando você acha que está na hora e no local errado??? É essa sensação doida que sobe por entre meu estômago e vem vindo pela garganta querendo sair em forma de um grito de SOCORRO, eu sei que nunca vou entender nada disso, eu sei que nunca vou fazer com que as pessoas sejam como esperamos, que elas sejam leais, verdadeiras, sinceras, intensas, fieis e afins.
Cheguei da bagunça do carnaval a pouco e tudo que tenho feito é chorar, essa é a minha vontade constante, como se tivesse mascarando algo que não posso mudar e me sinto indignada por isso.
Bom, vou ficar um pouco mais por aqui na net e depois mimi...
Boa noite pra todos!!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

O que importa??

São 05:00h do dia 11 de fevereiro, início de carnaval, o dia anterior foi quase perfeito, conheci a Moniquinha que veio de Sampa, ela é realmente um amor de pessoa. A parte ruim foi constatar que eu e Jomara não tem mais nada que nos matenham unidas, nem respeito mais, é triste saber que você não importa pra outra pessoa, foram 5 anos e hoje parece que não foi nada, paro e penso e só sinto uma vontade de chorar. Hoje ela disse que a gente se tolera, que se ela pudesse não teria vindo. eu sinto como se fosse a última vez que vou está vendo-a, é estranho essa sensação de certeza.
Ontem foi a despedida de Manuella, espero que corra tudo bem pra ela de agora em diante, mandei desejar uma ótima viagem pra ela, se ela recebeu o recado não sei, mas eu desejei de todo coração, espero que ela tenha feito a escolha certa e colha as melhores coisas sempre, vou estar sempre torcendo por ela.
Eu não sei dizer como me sinto, decepcionada, triste, é algo que não quer passar, por mais que eu finja nessa minha necessidade de mostrar estar bem, tudo que eu quero é realmente está bem.

Ótimo carnaval pra todos!!

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Mudando as máscaras...


Carnaval chegando, e a alegria externa é tão maior que a interna, tenho que ser forte e colocar a devida máscara pra essa específica época do ano. Aquela máscara da alegria, com as cores que esconde a tristeza retraida, no meio de tanta energia, alegria, descontração, ela acaba nem sendo notada, porque ela é quem menos importa no carnaval da alegria.
Amanhã é segunda, Jomara chega, mas sabe quando o coração sente que tudo vai ser diferente do que se espera, tenho um forte pressentimento, pode também não ser nada, neam?
Vamos todas colocarmos as máscaras, e sermos o que não somos sempre, neam? Ou sermos apenas o que quisermos ser, e eu quero ser tudo que preciso ser nessa época, que a minha incerteza, que meus medos, tristezas, decepções, frustações, fiquem embaixo dela(máscara), e que a alegria fatasiosamente simpática vista o meu rosto de sorriso.


"Tanto riso, oh, quanta alegria
Mais de mil palhaços no salão
Arlequim está chorando pelo amor da Colombina
No meio da multidão"

Feliz Carnaval pra todos!!

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Enfim...

Passei o dia lesando, vendo seriado: Lie to Me, que havia parado de ver, depois que comecei ver Glee viciei, voltei a ver Gossip Girl, meio adolescente eu sei, e ainda vou recomeçar Caster.
Show da Beyoncé em Sampa, fervendo, o de Salvador vai ser dia 10, mas eu ainda estou vendo se vou, estou esperando Jomara chegar pra gente ir juntas, já que não morro de amores pela Bee (olha a intimidade) e nem pela Veveta...rss
Hoje li algo que não estava esperando, por mais que soubesse que era verdade (tenho que abstrair, neam), tem coisas que a gente não muda, então torcemos pra que tudo corra da forma mais certa, desejando sempre o melhor.
Sem imagens hoje, pq não acho nada que esteja compatível com o que estou sentindo, então que fique apenas o texto.
Segunda começa minha maratona social, vou fugir desse pc, esquecer um pouco tudo que tá acontecendo, me desligar da felicidade alheia, e ter dias agradaveis, pensar um tiquinho em mim. Dia 08 também é niver da Jomara e vou combinar algo com as meninas, mas acho que ela vai querer ir no ensaio do Harmonia, eu não sei se vou, mas ela vai tá com as amigas dela, então ela vai tá bem acompanhada.
Vou ver tv agora, não estou com saco pra procurar texto ou música pra colocar, então já Elvis. Acabei de ter um Dejá Vu, coisa estranha!!

Boa noite !!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Um sorriso é importante também!

Como um sorrisinho de criança encanta, neam?
Eu comecei o dia não achando muito graças nas coisas, mas depois me mostraram que tudo sempre tem um lado engraçado de se ver...rs (as vezes até tem mesmo).
Eu não tenho muito a dizer, apenas que a graça do mundo está nos detalhes , ser importante ou não ser, mesmo que nem sempre demonstremos da forma certa.
Pra alguns o que vale é ser importante, mesmo num gesto infantil de magoar, de ferir, de raiva, de ciúme, e afins. (Nem sempre eu consigo ver o lado bom, mas hoje eu quis rir).
Enfim, passei num blog hoje de uma menina de POA, adorei a forma que ela escreve e me encantei, virei uma seguidora, porque ela escreve de uma forma divertida e descomplicada. Aproveitei e peguei um trecho de uma música do Chico Buarque que ela colocou lá:

"...Pense que eu cheguei de leve
Machuquei você de leve
E me retirei com pés de lã
Sei que seu caminho amanhã
Será um caminho bom
Mas não me leve..."

Boa noite pessoas...=)

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Um carta para Deus...

Hoje eu quero apenas escrever pra Deus, de uma forma sincera, porque as vezes a gente se perde no caminho e apenas Ele pode dar a direção, eu acredito muito que o Senhor Deus, possa me ajudar, tanta coisa acontecendo aqui dentro e eu sei que o Senhor conhece bem, tanto medo, tristeza e angustia, eu sei que tenho sido forte, mas as vezes parece que não vou dar conta, conta dessa bagunça toda, dessas pedras que aparecem no caminho, e eu não tenho pra quem recorrer, queria tanto o seu abraço confortador Deus, a sua paz que não trás mal e nem acrescenta dores.
Hoje no carro eu falei com o Senhor, e sempre falo quando tudo parece perdido, eu sei que deveria falar mais vezes, não tem desculpa, neam? Mas eu sempre falo do meu jeito, como quem bate um papo com um amigo íntimo, porque é isso que o Senhor é pra mim, meu amigo íntimo.
Agora noite eu preciso tanto do Seu cuidado, do Seu carinho, do Seu amor, tudo isso já me bastaria agora, sentir o Sua mão sobre mim, é tudo que mais preciso agora.
Queria poder entender porque tantas provações, porque as vezes tudo parece tão perdido, as vezes parece que não vou suportar, que vou sucumbir, mas no último momento sei que nunca estou só, porém hoje me bateu um desespero, uma vontade de gritar, de correr até minhas forças acabarem, como uma bola de soprar cheia de ar que vai se esvaziando.
Que eu seja tão forte como sempre fui, que o medo não me vença, que a frustração não me perca e que a tristeza não me machuque.
Agora sou como uma criança amedrontada por ter visto algo ruim, que Sua mão esteja a me proteger de todo pensamento ruim, não me permita vacilar, não agora.
Obrigada por tudo Deus, eu tenho tanto a agradecer também, eu entendo que tudo tem um motivo de ser, que na hora a gente não entende, sei que falo tanta besteira, mas o Senhor conhece meu coração, sabe o quanto de bom há nele.
Olhe pra mim essa noite Senhor, e me mostre que tudo vai ficar bem.
Boa noite Papai do Céu!!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Arrumando a bagunça...

Eu estou tão dispostar a deixar tudo no passado, agora ouvindo música sertaneja tive uma recaida ridícula, uma lembrança de momentos ilusórios, que só existiram de verdade pra mim, hoje sei que tudo foi apenas uma brincadeira, uma inconsequente brincadeira.
Tava tão real, que eu quis mesmo acreditar, quis que fosse de verdade, eu tava tão intensa e tão verdadeira, mas precisamos acordar, neam? Seguir, arrumar a bagunça da casa, pra que outras pessoas possam entrar e conhecer o ambiente. Quem gosta de chegar em uma casa bagunçada?? Eu não!
Estou aqui começando a arrumar, a colocar o movéis caidos no lugar, tirar as poeiras de baixo do tapete, poeiras que escondi quando não quis ver que a casa ainda tinha resto de sujeira, agora começo a pegar a pá e tira-las, ao mesmo tempo que é prazeroso por ver o limpo, é doloroso, porque eram restos de algo que foi bom, pelo menos momentaneamente.
Hoje eu sei que a culpa da bagunça não é minha, eu entreguei a casa limpa, pintada, nova, sem rachaduras, mas o cuidado do inquilino não foi o mesmo, ele agiu de forma desigual, despreocupada, de forma desmazelada, mas o que se pode fazer? Nesse caso não posso acionar a justiça comum, apenas a justiça divina que é aquela que nos justifica.
Agora começo do começo, arrumando tudo no seu devido lugar e deixando a casa pronta para alguém que realmente possa tê-la. Espero que dessa vez a pessoa tenha um pouco mais de cuidado com aquilo que entregamos como se fosse nossas vidas, que tenha a presteza para lidar com os problemas que por acaso o imóvel venha a apresentar, valorizando cada parte dele.

Boa noite pra todos!!